Faixa Atual

Título

Artista

Background

Dia: 06/11/2020

O álbum de estreia do conjunto Esperança, que junta o cantor Paulo Flores e o rapper Prodígio, duas gerações de músicos nascidos em Angola, “A Benção e a Maldição”, é editado hoje.

O romance “A Desumanização”, de Valter Hugo Mãe, que aborda a superação humana, foi adaptado pelo Teatro Art’Imagem, durante o período de confinamento, e estreia-se na próxima terça-feira, na Quinta da Caverneira, na Maia, distrito do Porto.

Noiserv, o “homem-orquestra”, vai apresentar o seu mais recente álbum, “Uma Palavra Começada por N”, em concertos no Porto e em Lisboa, nos próximos dias 12 e 13 de novembro, anunciou hoje a sua promoção.

Os irmãos Luísa e Salvador Sobral, cantores, músicos e compositores de canções, vão juntar-se em palco, em dezembro, para cinco concertos em Lisboa e no Porto, anunciou a Força de Produção.

A 29.ª edição do Guimarães Jazz vai decorrer de 12 a 21 de novembro, com nove concertos e uma centena de músicos, na sua esmagadora maioria portugueses mas também alguns estrangeiros a residir em Portugal.

As obras em curso no Teatro Nacional de S. Carlos (TNSC), no palco e na fachada, obrigaram a repensar a programação do teatro lírico, e os seus corpos artísticos a atuar ‘fora de portas’, em Lisboa e noutras cidades.

A exposição “No History in a room filled with people with funny names 5”, de Korakrit Arunanondchai e Alex Gvojic, é inaugurada hoje em Serralves, no Porto, focada no caso das crianças presas numa gruta na Tailândia.

A artista portuguesa Luísa Cunha marca o regresso da presença nacional na Bienal de São Paulo, entre 4 de setembro e 5 de dezembro de 2021, com um trabalho na grande exposição coletiva “Faz escuro mas eu canto”.

O grupo internacional Jokers, o trio galego Fake e o duo norueguês e dinamarquês Time of Life vão estar em concerto no Festival Internacional Acordeões do Mundo, que se realiza entre os dias 13 e 22, em Torres Vedras.

O 44.º Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho arranca na segunda-feira e, devido à pandemia, disponibilizará ‘online’ os mais de 300 filmes da respetiva competição e programa paralelo, ao preço global único de sete euros.

O filme “Mosquito”, de João Nuno Pinto, foi distinguido pela crítica da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que terminou na quarta-feira no Brasil.

O festival de cinema europeu Europa 6.1, que deveria ter acontecido em maio, no Porto, foi remarcado para este mês, gratuito e online, para contornar as limitações decorrentes da pandemia da covid-19.