Surma apresenta o conceito “Aurora” na Lousã

Escrito por em 20/10/2020

Uma ideia de Manuel Chau concretizada pelo olhar da equipa especializada em filmagem e edição Casota Collective, “Aurora” levou a artista Surma (Débora Umbelino) a atuar com uma parafernália de instrumentos, na Serra da Lousã, a 1100 de altitude e com a natureza como audiência.

Na companhia de eólicas, mato rasteiro, algumas árvores e rodeada de um denso nevoeiro, a multi-instrumentista Surma reinterpreta alguns dos seus temas mais reconhecíveis como “Hemma”, “Maasai”, “Saag”, “Voyager”, “Nyika”, “Miratge” ou “Wanna Be Basquiat”, além da incrível versão de “Femme Fatale”, um original dos Velvet Underground.

Na rede social Facebook, Surma deixou palavras de agradecimento pelo trabalho realizado: «Que Equipa, que Conceito, que Experiência de outro Mundo! Obrigada Аurora (Manuel Chau), pelo dia incrível e pela oportunidade única em poder tocar num dos sítios mais belos com uma atmosfera tão especial, senti-me num outro Universo! Obrigada Casota Collective, pelo profissionalismo e por estarem sempre lá a fazer a sua Arte na mais pura e bela essência e obrigada à melhor Equipa, incansável com um coração daqueles! (…)»

A subtileza da edição – com recurso não exagerado às imagens aéreas de um drone, a planos a preto e branco e outros de movimentos subtis – e a qualidade do registo áudio oferecem-nos uma experiência multissensorial que esperemos ver repetida, noutros locais, com outros artistas.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]