Dia: 15/10/2020

O filme “A Metamorfose dos Pássaros”, de Catarina Vasconcelos, foi hoje duplamente distinguido no fecho do Festival de Cinema de Curitiba – Olhar de Cinema, no Brasil, revelou a Portugal Film.

A primeira exposição antológica da artista Gabriela Albergaria, e a maior apresentação do seu trabalho em Portugal, é um mergulho em paisagens artificiais, criadas com materiais recolhidos na natureza e trabalhados com base nas técnicas da botânica.

A verba disponível para a Capital Europeia da Cultura 2027, à qual dez cidades portuguesas já manifestaram intenção de se candidatar, é de 25 de milhões de euros, anunciou o Ministério da Cultura.

Os artistas Marta Wengorovius e Pedro Proença revisitaram os azulejos do Palácio dos Condes do Pombeiro, em Lisboa, onde está a Embaixada de Itália, e o resultado será mostrado no dia 23 numa homenagem às vítimas do coronavírus.

A Orquestra Jazz de Matosinhos vai recriar “Miles Ahead” e “Porgy and Bess” em Barcelona e Madrid este mês.

O livro “Contos para uma Nova Realidade”, da psicóloga espanhola Begoña Ibarrola, com ilustrações de Marisa Morea, numa tradução de Luís Santos, chega esta semana às livrarias, divulgou a Texto Editores.

A fadista Katia Guerreiro atua hoje na Ópera de Lyon, em França, acompanhada pelos músicos Pedro de Castro, na guitarra portuguesa, André Ramos, na viola, e Francisco Gaspar, na viola baixo.

O Ciclo Jazz Barquinha 2020 arranca domingo com Carlos Barretto (contrabaixo) e Mário Delgado (guitarra), num espetáculo que decorre, à porta fechada, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, com transmissão em direto no Facebook.

A Fundação Marques da Silva (FMS), no Porto, abre as portas à cidade, no sábado, com a inauguração das exposições “Siza – Inédito e Desconhecido” e “Mais que arquitetura”, iniciando assim atividades regulares de divulgação da cultura arquitetónica e urbana.

O filme “Vitalina Varela”, de Pedro Costa, estreia-se na sexta-feira em 27 salas de cinema de Espanha, revelou a Midas Filmes.

A terceira edição da Mostra de Cinema do Brasil decorre este ano em drive-in, na Fábrica Braço de Prata, em Lisboa, abrindo no dia 21 com “A Vida Invisível”, de Karim Ainouz, distinguido em Cannes no ano passado.

Cerca de 50 retratos criados pelo pintor Júlio Pomar (1926-2018) ao longo de 70 anos, desde Mário Soares aos Beatles, Samuel Beckett e Fernando Pessoa, vão ser exibidos a partir de 22 de outubro no Atelier-Museu do artista, em Lisboa.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]