Dia: 07/10/2020

O escritor Gonçalo M. Tavares inicia hoje a publicação semanal de uma série de textos sobre artistas contemporâneos, a reunir num “Dicionário de Artistas”, que abre com “Sapatos”, sobre o artista multidisciplinar belga Francis Alÿs, nas plataformas do CCB.

O coreógrafo grego Christos Papadopoulos vai estrear o espetáculo “Ion”, inspirado em fenómenos naturais como o voo dos pássaros em bando ou as movimentações dos peixes em cardume, nos dias 16 e 17 de outubro na Culturgest, em Lisboa.

O Film Fest – Festival de Cinema Musicado ao Vivo regressa a Setúbal a partir de sexta-feira para a 2.ª edição, com exibição de filmes clássicos e cinema de autor, acompanhada com atuações ao vivo.

O Programa Loops.Expanded exibe, a partir de hoje, sete trabalhos na área do vídeo em ´loop´ no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, em Lisboa, numa primeira edição que se expande para mais quatro países.

O festival internacional de dança Regards Croisés estreia-se em Portugal de quinta-feira a domingo, pela mão da Kale-Companhia de Dança, com três espetáculos no Armazém 22, em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto.

“Última hora”, de Rui Cardoso Martins, é uma comédia em três atos sobre a crise no jornalismo e, por extensão, na democracia e na liberdade, uma peça para rir e refletir, que estreia na quinta-feira, no D. Maria.

O cantor norte-americano Johnny Nash, famoso pelo sucesso “I Can See Clearly Now” de 1972, morreu na terça-feira aos 80 anos, segundo a comunicação social americana.

Dizem que a crónica tem de ser sobre um tema que a todos interesse. Ou não. Que basta ter um ponto de vista diferente do habitual.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]