Faixa Atual

Título

Artista

Background

Billie Eilish, Lizzo e Chemical Brothers vencem Grammys

Escrito por em 27/01/2020

Aos 18 anos, a cantora Billie Eilish venceu as quatro categorias principais dos Prémios Grammy: Álbum do Ano, Gravação do Ano, Canção do Ano e Artista Revelação.

A cantora, que subiu ao palco quatro vezes seguidas, bateu o recorde da pessoa mais jovem a vencer nas quatro categorias mais importantes.

Antes, quando foi premiada Artista Revelação após também ganhar a Canção do Ano com “Bad Guy”, Eilish dedicou a distinção aos seus seguidores. “São duas! Isto é loucura”, exclamou a cantora, incrédula, para segundos depois ganhar em outras duas categorias, uma delas para premiar o Álbum do Ano “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”.

A jovem cantora ainda venceu a categoria Melhor Álbum de Vocal Pop Solo e seu irmão e produtor, Finneas, a categoria Melhor Produtor Não Clássico.

O evento, em Los Angeles, lembrou os ícones locais Kobe Bryant e Nipsey Hussle. Os Grammy começaram com uma homenagem de Alicia Keys e dos Boyz II Men ao ex-basquetebolista Kobe Bryant e à filha de 13 anos Gianna, que morreram horas antes do início do evento num trágico acidente de helicóptero em Calabasas, na Califórnia.

Mais tarde, os colaboradores e amigos do ‘rapper’ Hussle, incluindo DJ Khaled, John Legend, Meek Mill, Kirk Franklin, Roddy Ricch e YG recordaram o artista que venceu de forma póstuma o primeiro par de Grammys.

Outro dos momentos da noite foi proporcionado por Usher e FKA Twigs, numa sentida homenagem a Prince, artista que nos deixou a 21 de abril de 2016.

Lizzo ganhou três prémios no domingo, incluindo Melhor Performance Solo de Pop, Melhor Álbum Urbano Contemporâneo e Melhor Performance Tradicional de R&B.

A artista estava entre os nomeados que alcançaram o objetivo de ganhar o primeiro Grammy. Entre os restantes vencedores encontramos nomes como Chemical Brothers – com dois prémios -, Tanya Tucker, J. Cole, DJ Khaled, Billie Eilish, Lil Nas X, Billy Ray Cyrus, Michelle Obama (Melhor Álbum Falado), Sara Bareilles, Rosalia, 21 Savage e Tyler, the Creator.

Vencedores principais dos 62.º Grammys

Gravação do Ano
“Bad Guy”, de Billie Eilish

Álbum do Ano
“When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, de Billie Eilish

Artista Revelação
Billie Eilish

Canção do Ano
“Bad Guy”, de Billie Eilish O’Connell e Finneas O’Connell

Melhor Álbum de Pop Vocal
“When We All Fall Asleep, Where Do We Go”, de Billie Eilish

Produtor do Ano Não Clássico
Finneas O’Connell (irmão de Billie Eilish)

Melhor Performance de Pop a Solo
“Truth Hurts”, por Lizzo

Melhor Performance de R&B Tradicional
“Jerome”, por Lizzo

Melhor Álbum Urbano Contemporâneo
“Cuz I Love You (Deluxe)”, de Lizzo

Melhor Gravação de Dança
“Got to Keep On”, dos Chemical Brothers

Melhor Álbum de Dança/Eletrónica
“No Geography”, dos Chemical Brothers

Melhor Performance de Rap/Sung
“Higher”, por DJ Khaled feat. Nipsey Hussle e John Legend

Melhor Álbum de Rap
“Igor”, de Tyler the Creator

Melhor Álbum de Comédia
“Sticks & Stones”, de Dave Chapelle

Melhor Performance de um Duo ou Grupo Country
“Speechless”, por Dan + Shay

Melhor Performance de um Duo ou Grupo Pop
“Old Town Road”, por Lil Nas X e Billy Ray Cyrus

Melhor Álbum de Pop Vocal Tradicional
“Look Now”, de Elvis Costello e The Imposters

Melhor Álbum de R&B
“Ventura”, de Anderson .Paak

Melhor Canção de R&B
“Say So”, de Pj Morton, Songwriter (Pj Morton Ft. Jojo)

Melhor Performance de Rock
“This Land”, de Gary Clark Jr.

Melhor Álbum de Rock
“Social Cues”, de Cage The Elephant

Melhor Álbum de Spoken Word
“Becoming”, de Michelle Obama

Melhor Teledisco
“Old Town Road (Official Movie)”, de Lil Nas X featuring Billie Ray Cyrus

Melhor Filme de Música
“Homecoming”, de Beyoncé

Melhor Performance de Country a Solo
“Ride Me Back Home”, de Willie Nelson

Melhor Canção Country
“Bring My Flowers Now”, de Brandi Carlile, Phil Hanseroth, Tim Hanseroth e Tanya Tucker

Melhor Álbum de Country
“While I’m Livin’”, de Tanya Tucker

Melhor Performance de Rap
“Racks in the Middle”, por Nipsey Hussle featuring Roddy Ricch & Hit-Boy

Melhor Canção Rap
“A Lot”, de Jermaine Cole, Dacoury Natche, 21 Savage e Anthony White

Melhor Álbum de Rock Latino, Urbano ou Alternativo
“El Mal Querer”, de Rosalía

Fotografia de Billie Eilish por Kenneth Cappello.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta