Faixa Atual

Título

Artista

Background

Vladislav Delay e Mão Morta “Redux” no Gnration até março

Escrito por em 10/12/2019

A programação do primeiro trimestre de 2020 no espaço Gnration, em Braga, vai contar com nomes como Vladislav Delay, Jana Winderen e Peter Burr, para além de um cine-concerto dos Mão Morta, em formato “Redux”.

Em comunicado, o Gnration anunciou que 2020 começa com a “prata da casa”, que se traduz na atuação dos bracarenses Mão Morta (na foto), no dia 17 de janeiro, a fazer a banda sonora de “A Casa na Praça Trubnaia”, de Boris Barnet, em formato reduzido com Adolfo Luxúria Canibal, António Rafael e Miguel Pedro.

O Gnration também anunciou que a argentina Juana Molina vai dar um concerto em Braga, no dia 9 de abril. No dia 25 do primeiro mês de 2020, a sala de Braga acolhe a artista norueguesa Jana Winderen, reservando-se “o destaque maior do programa” para o finlandês Sasu Ripatti, mais conhecido por Vladislav Delay, que vai atuar em quinteto com Lucio Capece (saxofone), Derek Shirley (contrabaixo), Max Loderbauer (sintetizador Buchla) e Maria Bertel (trombone).

Ao longo do primeiro trimestre, o Gnration vai ainda receber The Legendary Tigerman (14 de fevereiro), Gabriel Ferrandini com o pianista alemão Alexander von Schlippenbach (6 de março), Jerusalem in My Heart e Lucrecia Dalt (14 de março), entre outros.

Em 29 de fevereiro, o ciclo de performance audiovisual Binário apresenta a performance “Membrane”, de Push 1 Stop & Wikilow, enquanto Marcel Weber “dará a conhecer uma nova instalação audiovisual resultante de residência artística no âmbito do programa Scale Travels, projeto que alia arte e nanotecnologia, desenvolvido em colaboração com o Laboratório Ibérico Internacional da Nanotecnologia”. Neste âmbito, o artista Peter Burr vai expor “Mode Confusion”, entre 17 de janeiro e 18 de abril.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta