Faixa Atual

Título

Artista

Background

Próxima Feira de Guadalajara será dedicada à cultura árabe

Escrito por em 09/12/2019

A Feira Internacional do Livro de Guadalajara, no México, terminou domingo com mais de 842 mil visitantes, e com uma cerimónia de boas-vindas ao Emirado de Sharjah e à cultura árabe, em destaque em 2020.

A 33.ª edição, que contou com a Índia como país convidado, reuniu mais de 2.400 editoras e chancelas literárias de 40 países, incluindo de Portugal, e com a disponibilização e venda ao público de 40.000 títulos.

A edição de 2020, marcada de 28 de novembro a 6 de dezembro, terá o Emirado de Sharjah como convidado de honra, estando prometida uma programação que demonstre “A riqueza do idioma árabe, a sua literatura, cultura e história”, afirmou Ahmed Al Ameri, presidente do Instituto do Livro de Sharjah.

Sharjah é um dos sete emirados dos Emirados Árabes Unidos e foi este ano declarado Capital Cultural do Livro pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO, na sigla em inglês).

Este ano, a feira convidou mais de 800 escritores, entre os quais vários portugueses, o Nobel Mário Vargas Llosa e o mestre da novela gráfica Frank Miller.

A literatura em língua portuguesa esteve presente através dos escritores Afonso Cruz, David Machado, Patrícia Portela, Alexandra Lucas Coelho, Raquel Nobre Guerra, Cláudia R. Sampaio, Vasco Gato, Luís Quintais e as ilustradoras Mariana a Miserável e Yara Kono. Em 2018, Portugal foi o país convidado da Feira do Livro de Guadalajara.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta