Faixa Atual

Título

Artista

Background

Encontro Literário inclui tertúlia e Ceia Quatrocentista

Escrito por em 07/10/2019

A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho vai organizar, no dia 26, mais um Encontro Literário para “celebração da literatura e da lusofonia”, iniciativa que inclui uma tertúlia e a recriação de uma Ceia Quatrocentista.

Segundo uma nota da autarquia, naquele dia, Montemor-o-Velho “vai encher-se de literatura, gastronomia, história e de muito convívio”, com a realização do “Munda Lusófono – Encontro Literário de Montemor-o-Velho”.

A tertúlia, de entrada livre, mas sujeita a reserva, o primeiro momento da edição de 2019 do “Munda Lusófono”, dá destaque ao romance histórico, daí que os participantes “vão ter uma experiência mais imersiva e emocionante”, adianta. O espaço de debate e de partilha vai decorrer no Convento de Nossa Senhora dos Anjos, a partir das 14:00.

A tertúlia terá moderação de Susana Freitas (escritora) e contará com a participação de Maria João Lopo de Carvalho (escritora), Emílio Miranda (escritor, de Angola), António Conceição (pintor, Cabo Verde) e Lourenço Proença de Moura (escritor). A animação musical vai estar a cargo da Seniormor – Universidade Sénior de Montemor-o-Velho.

O segundo momento do programa é a Ceia Quatrocentista que, segundo a entidade promotora, “promete uma viagem até ao ano de 1450, com direito à participação num surpreendente banquete na companhia da ‘mui’ nobre senhora Dona Isabel de Urgel, Duquesa de Coimbra, Senhora de Montemor-o-Velho e viúva do Infante Dom Pedro, e da sua ‘mui’ casta filha Infanta Dona Catarina”.

Sujeita a reserva e a pagamento de entrada, a reconstituição da Ceia Quatrocentista inicia-se com o chamamento dos convivas, às 17:30, seguindo-se a “indumentária dos convivas ‘per’ ofícios de boca”, visita à casa conventual e igreja e cavalgada pelos arrabaldes. Durante o repasto haverá “a aparição de personagens de insigne origem, de dúbia proveniência e de feição jocosa” e “‘mui’ aparatoso folguedo ‘per’ o deslumbramento de ‘todollos’, adianta a fonte.

O “Munda Lusófono – Encontro Literário de Montemor-o-Velho” é uma organização da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, em parceria com a Casa do Povo de Abrunheira, o Centro Beira Mondego Santo Varão, o Centro Cultural Recreativo e Desportivo do Moinho da Mata, o Centro Equestre do Concelho de Montemor-o-Velho, o Centro de Iniciação Teatral Esther de Carvalho, o Clube União Musical Recreativo Gatoense, a Filarmónica de Instrução e Recreio de Abrunheira, o Grupo Cénico e Amador da Portela e “O Celeiro” – Grupo de Teatro da Vila de Pereira, com o apoio da Paróquia de Montemor-o-Velho.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta