Faixa Atual

Título

Artista

Background

Orquestra no Património a partir de amanhã

Escrito por em 04/09/2019

Entre os dias 5 e 11 de setembro, a “Orquestra no Património” apresenta as orquestras Barroca e Sinfónica Casa da Música em espaços públicos de cidades com grande valor histórico e patrimonial: Évora, Porto, Mafra, Faro, Braga, Castelo Branco e Viana do Castelo.

Contribuir para a valorização desses centros históricos e fomentar o gosto pela música mais erudita, derrubando barreiras e conquistando novos públicos, são os objetivos da “Orquestra no Património”, uma co-produção Casa da Música, Fundação “la Caixa” e BPI, que conta com o apoio das diferentes autarquias.

Os concertos realizam-se ao ar livre e são de acesso gratuito, sempre às 22h00.

5 de setembro – Évora – Praça do Giraldo
7 de setembro – Mafra – Terreiro de D. João V
8 de setembro – Faro – Praça da Sé Catedral
10 de setembro – Castelo Branco – Museu Francisco Júnior
11 de setembro – Viana do castelo – Praça da República

Orquestra Barroca Casa da Música

Dmitry Sinkovsky – violino, contratenor e direção musical

Programa

Jean-Féry Rebel Sinfonia “Les éléments”

Georg Friedrich Händel “Qual nave” de Radamisto; “Furibondo spira il vento” de Partenope; Suite em Fá maior de Música Aquática, HWV 348.

Antonio Vivaldi Concerto para violino, dois oboés, duas trompas, tímpanos e cordas, RV 562a.

A Orquestra Barroca Casa da Música apresenta-se com Dmitry Sinkovsky, aclamado maestro, violinista e contratenor A noite começa com uma sinfonia de dança de Rebel, compositor do Barroco francês que foi figura proeminente das cortes de Luís XIV e Luís XV. O ambiente festivo está presente na Música Aquática de Händel, escrita para acompanhar o séquito real britânico em excursão pelo Rio Tamisa. Depois de França e Inglaterra, esta viagem musical termina em Itália com melodias contagiantes de Vivaldi, numa obra que dá protagonismo a vários instrumentos de sopro e aos tímpanos.

7 de setembro – Porto; 22h00;
8 de setembro – Braga; 21h00.

Orquestra Sinfónica Casa da Música

Baldur Brönnimann – direção musical

Programa

Hector Berlioz Carnaval Romano

Amilcare Ponchielli Dança das horas

Eric Coates Knightbridge March

Frederick Delius La Calinda

Manuel de Falla O chapéu de três bicos, Suite nº 2

Astor Piazzolla La Milonga del Angel

Mason Bates Mothership

A música de dança, principal convidada deste programa da Orquestra Sinfónica, chega até nós nas mais variadas formas e proveniências geográficas. A utilização dos tamborins, címbalos e triângulo no Carnaval Romano de Berlioz remete-nos para uma festa popular, enquanto Ponchielli nos transporta para um baile elegante onde uma valsa passa por vários ambientes. Do outro lado do oceano, chega-nos a música do mais famoso bandoneonista da história e grande figura da música argentina, Astor Piazzolla. No final, a partitura de Mason Bates funde uma escrita orquestral inovadora com os ritmos da electrónica e do techno.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta