Músicos de Portugal, Espanha e Itália no Outonalidades

Escrito por em 22/08/2019

A d’Orfeu, associação cultural que organiza o circuito de música ao vivo Outonalidades, anunciou hoje a presença de vários músicos portugueses, espanhóis e italianos, nos concertos da edição deste ano, que se estendem de Ílhavo a Viseu.

De acordo com uma nota de imprensa daquela associação, para a 23.ª edição do Outonalidades, está confirmada a participação dos portugueses Prana, Moonshiners, Tranglomango, A Charanga, Churky, Beatriz Pessoa, Madrepaz, Hot Air Balloon, Gobi Bear, A Jigsaw, assim como Arsene Duevi (Itália), Pipo Romero (Espanha) e Eva Fernandez (Espanha).

A partir de 21 de setembro, a música começa a girar por todo o país, levando dezenas de concertos a vários espaços de música ao vivo. De acordo com o calendário de concertos já definido, Estarreja recebe quatro concertos, a saber: dia 21 de setembro Prana, 18 de outubro Luar da Namorosa, 01 de novembro Moonshiners, e a 21 de dezembro Left.

Este último grupo repete em Albergaria-a-Velha, a 26 de setembro, no Cineteatro ALBA, casa que recebe também a 17 de outubro Churky e, a 31 do mesmo mês, Arsena Duevi, e depois um concerto de Pipo Romero em novembro, dia 21, e outro em dezembro, no dia 05, de Eva Fernandez.

O Centro de Artes de Sever do Vouga recebe meia dúzia de concertos. Ali atuam, a 27 setembro, Tranglomango, a 25 de outubro Beatriz Pessoa, a 15 de novembro Rui Oliveira com “Palavras” e no dia seguinte Madrepaz. Em novembro Sever recebe Hot Air Balloon, dia 29, e a 13 de dezembro “A Jigsaw”.

O Outonalidades estende-se do litoral, com concertos de Malino, a 07 de novembro, e de Gobi Bear, a 12 de dezembro, na Gafanha da Nazaré, Ílhavo, ao interior do país, com a Charanga a atuar a 04 de outubro em Viseu e Pipo Romero, a 23 de novembro em Tondela.

A d’Orfeu anuncia também que decidiu alargar o calendário de concertos do Outonalidades até às vésperas da primavera, aumentando as oportunidades de circulação dos grupos participantes.

O circuito, que permanecerá aberto a novas confirmações e à adesão de novos espaços, é coordenado pela d’Orfeu AC, em colaboração direta com municípios, teatros e associações, visando consolidar “uma rede de programação que procura dar palco a músicos e a músicas de todos os estilos”.

O Outonalidades procura-se afirmar também através de alianças internacionais, ao abrigo das quais já em julho o duo português Valente Maio marcou presença no Festival Suoni Mobili, em Itália.

Segundo a d’Orfeu, mais grupos portugueses vão entrar nessa dinâmica de internacionalização com o Outonalidades, como Palankalama no Mercat de Música Viva de Vic, Modulatus Project na Fira B, Ilhas Baleares, e Barry White Gone Wrong (na foto) no circuito espanhol Aienruta.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]