Faixa Atual

Título

Artista

Background

Cais Sodré Funk Connection apresentam “Back on Track” a 31 de maio

Escrito por em 21/05/2019

Os Cais Sodré Funk Connection apresentam o novo álbum “Back On Track” em concerto no dia 31 de maio, às 22h30, na Casa Independente, em Lisboa. A notícia foi dada em comunicado enviado à imprensa.

“Back On Track”, de onde sai o primeiro avanço ‘Everyday’, disponível mais abaixo, conta com produção de João Cabrita e Francisco Rebelo e foi realizado “graças a um sério departamento de recursos humanos que soube um dia meter em palco Silk e Tamin, as vozes carregadas de alma deste coletivo, e ainda Rui Alves e Francisco Rebelo, a bateria e o baixo que sustentam tudo o resto, João Cabrita, José Raminhos e Miguel Marques a secção de metais que enche o som de brilho (e a quem o trombonista Jorge Ribeiro dá uma ajuda no tema ‘The Payback’), e ainda, João Gomes e David Pessoa, nos teclados e guitarra, respetiva e respeitosamente”, lê-se na nota.

Os Cais Sodré Funk Connection nasceram como uma experiência de palco, afinada em noites de quinta-feira no clube Musicbox, do Cais do Sodré, em Lisboa. Nessas memoráveis sessões, o grupo foi tocando os mestres, as pérolas da Atlantic, da Stax ou da Motown, moldando o seu som com os mais refinados tesouros da soul clássica. E essa aprendizagem rendeu uma estreia em álbum em 2012, “You Are Somebody”, um registo pioneiro de soul criada em Portugal. Seguiu-se “Soul, Sweat & Cut The Crap” em 2016 e, claro, muitos concertos por todo o país.

Agora chega “Back on Track”, material original e vibrante com temas assinados por João Cabrita, Francisco Rebelo, David Pessoa, Tamin ou Silk em diversas combinações exploram todas as nuances da soul, com o grupo a soar por vezes mais próximo de arrebatadas baladas que rendem bandas sonoras perfeitas para o lado mais romântico da vida ou mais rendido ao groove que as pistas também sabem exigir, quando a dança se quer mais solta e louca. Nos arranjos, os metais brilham e também soam o backbeat e pianos, órgãos e guitarras.

 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta