Faixa Atual

Título

Artista

Background

Douro Rock recebe representantes de várias gerações da música portuguesa em agosto

Escrito por em 01/04/2019

O Douro Rock está de regresso ao Peso da Régua nos dias 9 e 10 de agosto com música portuguesa. Aos já anunciados Dead Combo, Jorge Palma e Mão Morta, juntam-se agora David Fonseca, Clã, Dino D’ Santiago, Profjam e Keep Razors Sharp, segundo nota enviada à imprensa. Estes são os protagonistas da quarta edição deste festival 100 por cento português que abrange as diferentes gerações de representantes do rock, pop, indie, soul e hip-hop.

Com discos editados nos últimos meses, ou em vias de editar novos trabalhos, os músicos e bandas que fazem parte do cartaz do Douro Rock 2019 prometem novidades para o Peso da Régua: David Fonseca vai apresentar o mais recente “Radio Gemini”, do qual faz parte ‘Oh My Heart’, disponível mais abaixo. O músico celebra 20 anos do lançamento de “Silence Becomes It”, a sua estreia com os Silence 4.

Dino D’ Santiago está em digressão com o álbum de estreia “Mundu Nôbu”, do qual fazem parte os singles ‘Nova Lisboa’, ‘Nós Funaná’ e ‘Como Seria’, onde predomina uma sonoridade entre o funaná ao afro-house. O rapper ProfJam estreou-se há dias em disco com “#FFFFFF”, após 11 anos dedicados à música. ‘Água de Coco’, com mais de oito milhões de visualizações no YouTube e single de platina, e ‘Tou Bem’, disco de ouro, são dois dos temas que fazem parte do novo álbum que irá dar a conhecer.

Eleito um dos melhores discos de 2018, “Overcome”, o segundo trabalho do grupo de rock Keep Razors Sharp – composto por elementos dos The Poppers, Sean Riley & The Slowriders e dos ex-Capitão Fantasma -, também se vai ouvir no Peso da Régua.

Aclamado pela crítica, o último registo dos Dead Combo, “Odeon Hotel”, é composto por músicas que são a síntese da portugalidade e da universalidade, como ‘Deus Me Dê Grana’ ou ‘As Quica As You Can’, e farão parte do concerto. Inédita será a participação da banda de Tó Trips e Pedro Gonçalves com Jorge Palma. Desafiados pela organização, os Dead Combo e o cantautor vão preparar um momento especial para o público do Douro Rock. Jorge Palma irá, também, revisitar mais de 40 anos de carreira recordando temas que fazem parte da história da música portuguesa como ‘Frágil’, ‘Deixa-me Rir’, ‘Dá-me Lume’ e ‘Encosta-te a Mim’.

Mas também se esperam novidades no Douro Rock 2019. Os Clã têm o regresso aos grandes palcos marcado, numa altura em que estão a preparar o novo disco de originais, o esperado sucessor de “Corrente”, editado em 2014. Além de dar a conhecer as novas músicas, os Clã vão recordar os intemporais ‘GTI’, ‘Problema de Expressão’, ‘Sopro do Coração’ e ‘Corda Bamba’. O mesmo acontece com os Mão Morta. A banda vai ter disco novo em 2019 e no Douro Rock teremos oportunidade de ficar a conhecer algumas novidades. Haverá ainda tempo de recordar os temas que marcam a carreira de 35 anos dos Mão Morta.

Depois da mais bem sucedida edição, em 2018, que contou com cerca de 14 mil pessoas, o Douro Rock regressa este ano com a mesma premissa: um festival 100 por cento português onde as novas gerações da música se cruzam com nomes mais consagrados.

Os bilhetes para o Douro Rock já estão à venda e custam 15 euros (preço único para os dois dias).

 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta