Faixa Atual

Título

Artista

Background

Apple deve abandonar os ecrãs LCD até 2020

Escrito por em 25/01/2019

A Apple deve abandonar os ecrãs LCD e adotar definitivamente os OLED a partir de 2020. A notícia está na 9to5mac.

Com o desempenho da linha 2018 de iPhones a deixar muito a desejar e, acreditando a marca, que em 2019 não vai conseguir recuperar totalmente, a Japan Display, uma das fornecedoras de ecrãs LCD para a Apple, está a pedir ajuda à holding taiwanesa TPK e à estatal Silk Road para se recuperar do impacto da queda de produção no ano passado.

A Japan Display foi a fornecedora de LCD para o iPhone XR, aparelho que teve o melhor resultado de vendas de smartphones no ano passado, mas mesmo assim o desempenho do aparelho foi muito abaixo do esperado. Face aos números, a Apple pediu um corte de produção no final do ano passado, quebrando o planeamento das fabricantes de ecrãs. A produção com a Apple representava mais da metade da receita da Japan Display, o que deixou a empresa com sérios constrangimentos financeiros.

O mais provável é que esse abandono seja progressivo, sendo que, primeiro, o LCD deve passar a ser usado apenas em aparelhos mais baratos da marca, como aconteceu com o iPhone XR.

O design do iPhone 2020 deve ser radicalmente diferente do que conhecemos hoje. Os novos aparelhos da marca da maçã devem apresentar uma “salto” interativo.

O governo japonês pode, contudo, vir a “atrapalhar” o negócio da Japan Display. Segundo o Wall Street Journal, o país tem dificultado empresas estrangeiras de tentarem tomar conta de grandes empresas nacionais, e pode mesmo vir a interferir nas negociações.

Por outro lado, a fábrica também é conhecida por produzir peças de polisilício, o que ajuda a manter as temperaturas dos ecrãs mais baixas, ajudando o aparelho a ser mais eficiente energeticamente. Este é um fator importante num mercado cuja limitação ainda são as capacidades de carregamento das baterias.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta